X
Publicidade

Saiba mais sobre os quatis e por que temos visto tantos em Aldeia

Seu nome vem do tupi-guarani e significa "nariz pontudo". O quati é um mamífero muito importante na dispersão de sementes e é um excelente escalador de árvores. O biólogo Filipe Aléssio, editor do Portal de Zoologia de Pernambuco fala a respeito.

today 16/09/2020
Filipe Aléssio
timer 1 min de leitura

Na APA Aldeia-Beberibe, muitos moradores têm relatado um aumento no número de quatis avistados em jardins e até mesmo próximos de casas. Provavelmente os quatis estão sendo atraídos por recursos alimentares fornecidos deliberadamente por alguns moradores ou são atraídos pela presença de lixo mal acondicionado e de fácil acesso. Tudo isso potencializado pela redução de seu espaço vital por causa dos desmatamentos e ocupação desordenada da APA. É muito importante que animais selvagens não sejam alimentados, pois o aumento de contato entre a fauna selvagem e seres humanos pode gerar conflitos e acidentes. como também a possibilidade de transmissão de patógenos.


Os quatis são mamíferos carnívoros de médio porte muito comuns e abundantes em praticamente toda a extensão da Mata Atlântica. Na verdade a espécie Nasua nasua, como é conhecida cientificamente, apresenta uma grande distribuição geográfica e está presente em ambientes de florestas tropicais úmidas da America do Sul. São procionídeos com um focinho comprido terminando em um rinário flexível. Seu nome popular, quati, é originário do tupi e significa «nariz pontudo». Possui uma cauda peluda e listrada que frequentemente é mantida na vertical quando o animal está forrageando no solo. São ótimos escaladores de árvores.

São animais sociais e podem viver em grandes bandos os quais sãos constituídos predominantemente por fêmeas e seus filhotes. Os machos adultos são solitários. São animais diurnos e passam a noite dormindo em árvores.